30 de novembro de 2020 às 14:57

MARIA, PASSA NA FRENTE!

Uma das celebrações mais bonitas do mês de novembro é a de NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS.

Crédito:www.rs21.com.br

 A sua imagem é carregada de significados e na crônica de hoje vamos explorar um pouco embasado na linda canção de Padre Marcelo Rossi, MARIA PASSA NA FRENTE. Nela ele juntou a devoção à santa e também à Cruz Sagrada de São Bento.

Pra inicio de conversa vamos lembrar o que passamos todos os dias quando os problemas nos assolam e a partir deles demonstramos desânimo e vontade de desistir de viver. Neste instante cabe-nos pedir a proteção da Mãe de Jesus para que pise na cabeça da serpente e tire de nós todos os males. Alguns deles vêm independentes da nossa vontade e muitas vezes não sabemos como agir. Citamos, por exemplo: doenças, desemprego, depressão, tédio, desamor, decepção, ingratidão, desentendimento, incompreensão, dentre outros. Nos sintomas, a tristeza da incapacidade de resolução bem como a solidão e o medo dos resultados. Aqueles que foram provocados por nós podem até vir junto com o “se vira”, haja vista a questão da intencionalidade. Mas, muitos não avisam que virão, simplesmente chegam e incomodam nos deixando impotentes.

Para afugentar o mal que chega sem avisar, pedimos a intercessão de São Bento por intermédio da Oração da Cruz Sagrada: “A cruz sagrada seja a minha luz. Não seja o Dragão meu guia. Retira-te Satanás! Nunca me aconselhes coisas vãs. É mal o que tu me ofereces. Bebe tu mesmo do teu veneno!”. O site CRUZ TERRA SANTA comenta que a medalha de São Bento é considerada um verdadeiro Sacramental, isto é, um sinal visível, palpável da nossa fé e da presença de Deus. Não é, de maneira alguma, um amuleto ou um objeto com poderes mágicos, mas sim um símbolo maravilhoso de uma espiritualidade profunda que conduz nossa vida para o bem, para Deus e para a proteção contra os ataques do maligno, seja no campo material quanto no espiritual.

Já a devoção à medalha Sagrada de Nossa Senhora das Graças é decorrente de uma aparição da Mãe de Jesus à Santa Catarina de Larouré no dia 27 de novembro de 1830 na França. Assim Catarina recebeu a incumbência quando meditava na capela do convento: “Fazei cunhar uma medalha conforme este modelo. Todos os que a suarem trazendo-a ao pescoço, receberão grandes graças. Estas serão abundantes para aqueles que a usarem com confiança”. Na ocasião a França estava enfrentando uma horrorosa epidemia. Num só dia 861 pessoas morreram em Paris. No total, foram registradas mais de 20 mil mortes. As descrições da época eram aterradoras, a pessoa em boa saúde pegava o vírus e em menos de cinco horas reduzia-se ao estado de um esqueleto. Jovens cheios de vida adquiriam o aspecto de velhos carcomidos e dali a pouco já se tornavam cadáveres. No mês de maio daquele ano a epidemia parecia recuar, mas na segunda quinzena de junho uma nova onda redobrou o pânico de todos. O recuo definitivo aconteceu a partir da medalha milagrosa de Nossa Senhora das Graças. Curas milagrosas aconteceram e a epidemia foi debelada.

Juntando as duas devoções, nos deparamos com uma ungida música de Padre Marcelo Rossi que faz a oração virar canção para acalentar as pessoas nos momentos mais difíceis: “O inimigo pode até tentar, mas nunca vai te derrubar. Você pode até cair, mas logo vai se levantar. Quem tem Maria como mãe tem sempre o amor de Jesus. Se sua fé prevalecer pra sempre vai te atender. Vou me entregar, vou confiar no amor de Jesus. Pode acreditar. Deus é maior! Maria passa à frente, pisa na cabeça da serpente, intercede junto a Jesus. Cruz Sagrada seja minha luz”.

A devoção do “MARIA PASSA NA FRENTE” vem dos tempos das Bodas de Caná, onde Nossa Senhora passou à frente de Jesus e mandou os funcionários do casamento fazer aquilo que seu filho ordenasse. Um caso mais recente foi o do pregador Dennis Bourgerie, fundador da ASSOCIAÇÃO MARIA PORTA DO CÉU. Ele estava em Paris de volta para o Brasil e trazia bagagens que ultrapassava o peso limítrofe da alfândega. Tratava-se de material de evangelização e precisava vir mas estava além do peso. Partilhando a sua tristeza com um padre amigo, este lhe disse:  “chegando ao aeroporto, reze assim: Maria, passa na frente! E ela cuidará de todo o material que você carrega para jesus. Ela cuidará de todos os detalhes melhor do que você imagina. Ela é Mãe, mas é também a porteira. Ela abrirá o coração das pessoas e também as portas e os caminhos”. O padre ainda lhe disse que pedia a Maria para passar na frente pelo menos três vezes ao dia e completou: “A Mãe indo á frente, os filhos estão protegidos”. Pois Denis assim o fez. Pediu para Maria passar na frente e de repente as preocupações desapareceram do seu coração. Por incrível que pareça, a alfândega deixou passar a bagagem sem explicação que chegou ao Brasil sem problemas, fazendo um grande bem a muita gente.

Pois bem! Estamos chegando a mais um final e as recomendações conclusivas são: Deixe Maria passar à frente dos seus problemas, projetos e sonhos! Quando as dificuldades te atormentarem, peça pra Ela pisar na cabeça da serpente e com o objetivo de afastar as invejas e negatividades recorra sempre à oração da Cruz Sagrada de São Bento. É bom lembrar que todas as orações são muito bem vistas e recebidas por Deus desde que ela aconteça com muita piedade e fé. Encerro então com os dizeres da escritora e poetisa Iolanda Brazão: “Que Deus nos proteja, iluminando nossos caminhos, nos tornando invisíveis aos olhos da maldade e visível aos olhos do coração”.

Crônica de Elias Daniel de Oliveira ( 29/11/2020) 

Fonte: CLIENT

comentários

Estúdio Ao Vivo