JOVENS FAZENDO A DIFERENÇA

mercado_trabalho

Que nos desculpem as pessoas de idade mediana ou mais velha, mas no momento, muitos jovens estão dando o que falar no que concerne à competência, idealismo e inovação. É possível ver jovens atuando no judiciário, igrejas, hospitais, esporte, empresas, bancos e também no alto escalão do governo colocando muito marmanjo no bolso. Um bom exemplo foi a prisão de muitos peixes grandes nos mais variados casos de corrupção. É bom saber que a mudança está acontecendo, melhor ainda pelas mãos de quem no passado não tinha credibilidade e hoje tem muito a oferecer.

De acordo com o jornal virtual Gazeta da Cidade, em entrevista com o consultor político Diego Pudo, é muito importante que o jovem comece a entender sua importância em todas as áreas da sociedade, especialmente nas eleições. “Houve um vão muito grande em relação à participação do jovem na política desde o fim da ditadura, por tudo que passaram durante tal período. O desinteresse gerado acabou por manter no governo muita gente que deu continuidade no poder, sem renovação, mesmo com um sistema político reconstruído”.

Nas Igrejas, os padres e pastores jovens têm conseguido convencer os mais velhos sobre as mudanças de paradigmas e estruturas. É certo que existem os resistentes que não abrem muito mão do velho, mas respeitam as alterações. O interessante é que tudo o que é ensinado e revelado no presente fica muito simples nas mãos deles, até mesmo porque esta galera é desta época e consegue compreender, viver e mostrar o seu espaço.

Uma das características da juventude é a ousadia. Os jovens não têm medo, gostam de aparecer e tem sonhos. O desvio de verbas da Petrobrás já se estendia por mais de quinze anos e ninguém tomava as providências com receio de perseguição ou mesmo por achar que não haveria solução, mas a atual Policia Federal resolveu enfiar a mão neste formigueiro. É bom ver gente séria, de elevado grau político, poderoso e de reservada importância sendo algemado e direcionado a algum presídio para sobreviver do mínimo em celas simples. Melhor ainda é ver estes corruptos devolvendo o dinheiro roubado, entregando os colegas e passando vexame frente às câmaras que, em outros momentos, mostravam os seus falsos sucessos.

É comum chegar aos hospitais e ser medicado por jovens médicos que demonstram grandes conhecimentos nas mais variadas especialidades. Assistir a um jornal e ver jovens delegados e investigadores não tendo medo de encarar o bandido de frente e tomando as providências devidas. Entrar em um Fórum de Justiça e ver juízes, promotores e advogados de pouca idade conduzindo com muita sabedoria todos aqueles procedimentos e se mostrando bastante competentes. Assistir a uma missa ou culto e ficar deslumbrado com a maneira de pregar daquele jovem evangelizador. Entrar em um ônibus e perceber que o motorista é responsável e nem por isso carregada anos de experiência nas costas. Acompanhar a ascensão de uma empresa e ver que os executivos que estão proporcionando o crescimento são jovens que sonham e continuam mantendo os pés no chão. Policiais novos agindo de maneira mais racional e deixando a intransigência de lado mostrando-se assim um verdadeiro defensor da lei.

Uma boa justificativa para o que está acontecendo é exatamente a valorização da educação. Mesmo aos trancos e barrancos, nos últimos quinze anos houve uma melhor abertura das universidades para as pessoas das escolas públicas e muitos conseguiram ver um horizonte diferente. De repente a sociedade se viu com um elevado número de pessoas formadas com uma vontade enorme de mudar tudo e em contrapartida ver faltar os ocupantes dos subempregos

Analisando por esta ótica, há uma chance bem grande de ver o futuro com uma nova roupagem. Os sonhos a que nos referimos como característica juvenil tende a influenciar o cotidiano de tudo que virá pela frente. Sonhar não significa viver de ilusão e fantasia, mas planejar e ver surgir um brilhantismo capaz de tornar a vida melhor. E o que não falta para os mais jovens é a capacidade de sonhar. E a partir do momento em que conseguem mesclar sonho e realidade, a vida passa por uma transformação bacana pra todo mundo.

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o Brasil tem mais de 60 milhões de jovens na faixa de 15 a 29 anos. Possuindo a nação cerca de 190 milhões de habitantes, este número corresponde a mais ou menos 30% da população brasileira.

 

Deixe uma resposta